• Dra. Tielle Machado

Interação Cérebro x Intestino no Autismo: Estudo randomizado e controlado

A Saúde Intestinal pode impactar no Autismo?


O estudo a que esse post se refere foi publicado em 2016. Assim como vários outros estudos que já encontraram alteração na proporção das bactérias intestinais (DISBIOSE) com aumento da família Clostridiales, Sutterella e Ruminococcus. Essa DISBIOSE estaria envolvida na alteração do Eixo Intestino-Cérebro. E como essa alteração influenciaria o cérebro?


➡️aumento da circulação de citocinas pró inflamatórias

➡️aumento da produção de metabólitos bacterianos que chegariam à circulação sanguínea sistêmica e também ao cérebro

➡️absorção de lipopolissacarídeos (LPS) das paredes de bactérias mortas no trato intestinal



Todos esse fatores juntos ativam o receptor Toll-like 4 nos intestinos QUE ATIVA UMA INFLAMAÇÃO SISTÊMICA SUBCLÍNICA INCLUSIVE TAMBÉM NO SISTEMA NERVOSO CENTRAL.

Com esse estudo, os pesquisadores procuram, então, estudar quais pacientes do Transtorno do Espectro Autista se beneficiariam da redução da inflamação subclínica após o equilíbrio da ecologia intestinal conseguido com a suplementação de PROBIÓTICOS.


⛔As informações desse texto e o conteúdo desta página tem caráter exclusivo de informação geral sobre saúde e não substituem consulta com médico ou nutricionista, diagnóstico ou tratamentos.


Referência Bibliográfica:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27260271


     Copyright © 2016 Dra. Tielle Machado CRM- 52.86811-6