top of page
Dra Tielle Name.png

PESQUISA ALERTA SOBRE A ASSOCIAÇÃO ENTRE TEA E TDAH COM PROBLEMAS INTESTINAIS



"Revisão Sistemática e Metanálise demonstra a relação da Zonulina (e o consumo de glúten) com transtornos psiquiátricos consequentes das alterações da barreira intestinal e barreira hematoencefálica, reforçando a importância de estratégias nutricionais com foco na permeabiliade intestinal."

Cientes de que "relação" e "associação" não significa "causa" (haters disclaimer), foi publicado pela revista científica Nutrients em 2020 a revisão sistemática com meta-análise (tipo de estudo com maior peso hierárquico) aponta que doenças mentais e transtornos como autismo, TDA/H e TOC estejam diretamente relacionados com o aumento de biomarcadores da chamada “leaky gut syndrome”, traduzindo e resumindo: o intestino “emburacado” e furado!!!⁠ (Veja o estudo no final do texto)

O que esse estudo reforça? O que sempre digo aqui: a importância de tratar as comorbidades no autismo, que são 99% das vezes negligenciadas pelo mainstream médico que coloca tudo na conta do autismo, terapia, risperidona, abraço, volta aqui em 6 meses.

Imagine que seu intestino (e do autista também) possui um "durex" que liga uma célula na outra, no entanto, devido a fatores externos (em especial uma alimentação pró inflamatória e alergênica) e internos (como pré-disposição genética) esse durex pode soltar e abrir a porta do intestino, que devia estar “selado” e fechadinho para somente passar o que fosse de nosso interesse.⁠


Quando há essa hipermeabilidade, aumentam marcadores no sangue como a zonulina (citada no estudo), e esse aumento indica também o aumento de permeabilidade intestinal e a direta correlação com uma outra barreira importante no nosso corpo: o que entre e não entra no cérebro - a barreira hematoencefálica.

Os pesquisadores conseguiram relacionar que em pessoas autistas e com TDAH há um aumento significativo de zonulina e em pessoas com TOC um aumento de Claudina-5 (o durex da barreira hematoencefálica).⁠ O aumento dessas proteínas conseguem explicar, e muito, o por quê observamos mais em pessoas com transtornos psiquiátricos os distúrbios no trato gastrointestinal com consequências imunológicas e inflamatórias, e mais uma vez reforça a importância de reconhecer que o intestino é o segundo cérebro e que para cuidar da saúde mental e psicológica do seu filho comece investindo no intestino.⁠ Se você é médico ou nutricionista e quer conhecer mais sobre a nossa Pós-Graduação em Autismo e TDAH, clique aqui.


Sds,

Dra Tielle Machado


📘 EBOOK GRATUITO AQUI

Você também pode nos encontrar aqui ↴

▼ INSTAGRAM:

▼ CANAL NO YOUTUBE:

📚 REFERÊNCIAS:

Zonulin-Dependent Intestinal Permeability in Children Diagnosed with Mental Disorders: A Systematic Review and Meta-Analysis doi: 10.3390/nu12071982




Comments


  • Instagram
  • Facebook Basic Square
  • YouTube
Posts Recentes
bottom of page