Dra Tielle Name.png
  • Dra. Tielle Machado

VITAMINA D, MAGNÉSIO E TDAH: ESTUDO REVELA EFEITOS POSITIVOS



"Estudo randomizado, duplo-cego, placebo controlado identificou efeitos positivos da suplementação de Vitamina D e Magnésio no comportamento e na saúde mental de crianças com TDAH"

O transtorno do deficit de atenção e/ou hiperatividade é hoje o transtorno neuropsiquiátrico mais comum em crianças, tem início na infância e pode persistir até a idade adulta. No mundo todo, 5 a 7% das crianças em idade escolar tem TDAH. A deficiência de nutrientes não são a causa de TDAH, mas diversos estudos identificaram que nessa população há uma maior de deficiência de vitaminas e minerais e recentemente demonstraram que o nível de vitamina D em crianças TDAH são significantemente MENORES que as crianças sem TDAH, o magnésio chega estar em deficiência em 72% das crianças TDAH.


Como o próprio estudo relata, já está mais do que reconhecido o papel da vitamina D nas desordens psiquiátricas, como: autismo, depressão e esquizofrenia. O magnésio, quando está em deficiência, pode levar a sintomas como fatiga, dificuldade de concentração e alterações do humor, e este estudo randomizado duplo-cego, placebo controlado investigou os impactos da suplementação de magnésio (6m/kg/dia) e vitamina D (50.000 UI/ semana) por 8 semanas em crianças de 6 a 12 anos de idade.


Os resultados mostraram que a suplementação com vitamina D e magnésio podem diminuir problemas emocionais, problemas com colegas e dificuldades gerais em comparação com o grupo placebo.


O Estudo tem algumas limitações, como o número de participantes relativamente pequeno (66), o tempo de estudo pequeno: 8 semanas (os resultados foram bem superiores em outro estudo com suplementação de magnésio por 6 meses) e o uso de magnésio e vitamina D ao mesmo tempo (apesar de ser uma limitação, na prática clínica faz total sentido devido principalmente ao equilíbrio entre vitamina D / magnésio / cálcio).


A pesquisa aponta ainda o por quê dos resultados positivos da suplementação, o magnésio e a vitamina D estão envolvido no equilíbrio do glutamato (e GABA), o magnésio participa como cofator na conversão de ácidos graxos em ômega 3. A vitamina D (ainda no período pré-natal) está associada a genes de sobrevivência neuronal, fala, linguagem e na síntese de dopamina, ainda regula o trânsito de cálcio no sistema nervoso central (SNC), interfere na neurotransmissão e na função sináptica, protege o sistema nervoso da exposição à radicais livres, e participa da regulação e síntese de serotonina no SNC. Apesar dos benefícios evidenciados pelo estudo, os pesquisadores relatam que mais estudos bem desenhados com um tamanho de amostra maior são necessários.


A causa exata do TDAH ainda não foi descoberta, mas é claro que existem fatores genéticos e EPIGENÉTICOS envolvidos, no manejo dos sintomas é imprescindível que seja investigada a deficiência de vitamina D e magnésio e se for necessária a suplementação adequada.


Observação importante: Procure um médico para que seja avaliada a necessidade de suplementação devido a riscos envolvidos que somente o médico pode avaliar.

Se você é médico ou nutricionista e quer conhecer mais sobre a Pós-Graduação, clique aqui.


Sds,

Dra Tielle Machado

✅Cadastro para Webinário Grátis AO VIVO

https://www.autflix.com/webinario

✅ Para receber conteúdos exclusivos no Telegram:

https://bit.ly/telegramDraTielle

📘 EBOOK GRATUITO AQUI

https://bit.ly/os5passosparaajudarocerebro

Você também pode nos encontrar aqui ↴

▼ INSTAGRAM:

https://www.instagram.com/dratiellemachado

▼ CANAL NO YOUTUBE:

https://www.youtube.com/dratiellemachado

📚 TAGS: #autismo #TEA #dratiellemachado


📚 REFERÊNCIAS:

Hemamy, M., Pahlavani, N., Amanollahi, A. et al. The effect of vitamin D and magnesium supplementation on the mental health status of attention-deficit hyperactive children: a randomized controlled trial. BMC Pediatr 21, 178 (2021). https://doi.org/10.1186/s12887-021-02631-1


  • Instagram
  • Facebook Basic Square
  • YouTube
Posts Recentes